terça-feira, 2 de junho de 2009

Foto: Rick Van Pelt

"O amor é uma faca afiada que corta". Tenhas cuidado de como ele chega em suas mãos. Não tente dominá-lo por completo, não deixe que ele te domine. Seja cauteloso. Viva-o, sinta-o, expresse-o. O amor deve ser liberto como um pássaro que voa para longe com o seu bando ao adormecer do dia.
O amor é um conto, prosa poética, música e poesia. O amor invade, não pede licença e nem manda carta-aviso. Torna os nossos dias mais belos, iluminados e felizes. Nos deixa bobos como criança quando ganha presente de Natal. Nos deixa completos.
Que sejas assim, uma faca afiada que corta, mas que me faças sentir a mais pureza leveza de ser-me.

Lorena Rodrigues

10 comentários:

"Sofi@" disse...

Porque amar é maravilhoso, mas para o fazer é preciso ter cabeça, saber os limites e saber o momento certo para se dizer sim ou não.
Adorei o texto.
Beijo grande

Priscila Rôde disse...

Concordo com o que escreveu!
Sou a sua mais nova seguidora!
Beijos

Bárbara Gusmão disse...

Realmente, com cautela tudo é mais fácil! Adorei! Beijos ;*

Priscila Rôde disse...

Oi loly, agradeço a visita!
Tentei colocar essa música no post, mas n conseguir, ela é linda!

Beijooos

Pedro Antônio disse...

Ei, Loly!

Posso te contar um segredo? Eu também não acredito no acaso :) !

(rsrsrsrsrs)

Um beijãoooooooo!!!

Obrigadooo.

Pedro Antônio

João Paulo disse...

Meio contraditório, mas é seu!^^

Poh, eu sou bobão em relação ao amor,não me entrego fácil,porém quano me entrego é por completo, deixo-me envolver e tento envover. Assim a interação fica bem mais deliciosa. Amo!

Dica disse...

Adorei a imagem!
É, uma imagem pra mim vale mais que meia dúzia palavras.

É tão fácil falar de amor que as vzs a gente se perde e diz muito, quando na verdade deveria dizer pouco.. Gostei muitissimo do pouco que escreveu.

Beijos, gata!

olhodopombo disse...

ola,
obrigada por ter-me visitado la no meu blog
tambem gosto destas imagens de cidades interioranas,

meus instantes e momentos disse...

gostei daqui.
Parabens pelo blog.
Maurizio

Loly disse...

"Amor é tal qual mãos que dia a dia
Te envolvem quentes, com suavidade.
Vão-se as noites de Inverno. Amor é
Quando a gente se gosta de verdade."
(Helga Nier)

Related Posts with Thumbnails