quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Você sabe o que é o amor?



Não, você não sabe o que é o amor. Ou pelo menos pensa que sabe. Pensa que o amor é simples como dizer "eu te amo" ou mandar flores vermelhas pela manhã. Que é pegar no colo, dar a mão, beijar na boca, fazer planos e promessas, mudar de time ou pedir em casamento.

Estamos a mercê de um amor efêmero. Amor que nos faz fazer loucuras, amor que nos faz expor no orkut em apenas uma semana de namoro que a pessoa ao nosso lado é o amor da nossa vida. Vai dizer que não? Tudo bem, quem sou eu para questionar os amores alheios. Não quero assim dizer que não devemos expor o que sentimos, pelo contrário, devemos demonstrar sim nossos sentimentos, porém da maneira que considerarmos melhor. Não significa colocar na internet que você não vive sem o outro alguém sendo que na vida in off vocês vivem um real combate. E além do mais tem uma frase que diz: "Não grite sua felicidade tão alto, a inveja tem sono leve".

Amor não é nick de mensagem instantânea, não é página de exibição do orkut, não é frase no twitter e nem tampouco texto de blog. Primeiramente amor exige dedicação. Claro que não é deixar os amigos de lado e viver uma vida exclusiva para seu (sua) companheiro (a), mas dar aquilo que você tem de melhor. Amar é dar sem esperar em troca. Amar é se entregar. Amor requer confiança e lealdade. Amor vai muito mais além do que qualquer livro de auto-ajuda tenta ensinar.

Lorena Morais

5 comentários:

João Paulo disse...

Uma DIRETA pro seu namorado, né?



Amar é assassinar uma selva por dia!

Lorena Morais disse...

Não, não é direta para meu namorado.
Ele sabe o que é o amor e foge a todas a essas regras.
Esse texto é para todos aqueles que pensam que amar é prático.

Denise do Egito disse...

Lorena, querida
Espero seu e-mail participando da promoção do Papo Calcinha. Há boas chances, viu?
Quanto ao livro, sim, de tanto um leitor meu, o Elvis, falar desse livro, eu comecei a ler e estou gostando. Está contrariando minha impressão inicial de que seria bobo e conformável.
Quanto ao amor verdadeiro, penso qu epodemos defini-lo assim: amamos uma pessoa quando queremos o bem dela acima de tudo.
Beijocas

Fernanda. disse...

Sorte daqueles que sabem o que é o AMOR e sabem amar...


:*

Marina Barbosa disse...

Na verdade a sorte é daquele que já foi amado dessa forma. Amar é complexo demais para pessoas pequenas.

Related Posts with Thumbnails